Atelier

Inventário do Abandono

 

Agnaldo Farias

 

 

Inventário do abandono é o nome da obra (será mesmo uma obra?) em processo, uma combinação de armários e estantes desiguais, que preenche praticamente toda a parede da esquerda do atelier de Marco Tulio Resende, melhor dizendo, aparede do fundo, considerando-se que ela fica no extremo oposto da entrada do salão largo e pouco profundoque ele transformou em oficina, depósito, escritório, sala de estar e até mesmo confortável dormitório. Situado sob um pequeno conjunto de lojas num aprazível bairro de Belo Horizonte, construídoa beira de um terreno íngreme, o ateliê de agora resultou de um espaço perdido, abaixo do piso das lojas, invisível aos olhos dos passantes e moradores, que o artista comprou, reformou, transformando-o nos vários espaçosmencionados, além de um belvedere privilegiado cuja vista dá para o casario entorno, esparramado pelas laterais de umadas montanhas onde a capital mineira foi implantada.

 

Clique para ler o texto completo.

 

 

Vídeos

Entrevista ao programa AGENDA da Rede Minas.

Conversa sobre a mostra “Olho Nu” que reúne desenhos, gravuras, pinturas, instalações e livros-objeto no Centro Cultural UFMG (2019).

Segunda Parte do documentário exibido no programa "Memória e Poder" com o artista plástico Marco Tulio Resende realizado pela TV Assembleia/MG. Os depoimentos divididos em duas partes, onde o próprio artista conta sua história, duram cerca de quarenta e cinco minutos e foram colhidos em 2011.

 

Documentário, cor, 2min 25seg, 1999, MG
PROJETO CIRCUITO ATELIER
Realização: C/ARTE - PROJETOS CULTURAIS
Coordenação projeto: FERNANDO PEDRO DA SILVA e MARÍLIA ANDRÉS RIBEIRO
Coordenação de vídeo: MARIANA TAVARES

Apoio: IMAGO VÍDEO e REDE MINAS